REFORMA DO PIS/PASEP – QUAIS AS PROPOSTAS E MUDANÇAS PARA 2016

REFORMA DO PIS/PASEP – QUAIS AS PROPOSTAS E MUDANÇAS PARA 2016: Saiba mais sobre a reforma do PIS/PASEP agora neste artigo.

O Programa de Integração Social (PIS) e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor (PASEP).

São sistemas criados pelo Governo Federal em 1970.

Visando envolver o trabalhador no desenvolvimento das empresas.

Buscando distribuir a renda de melhor forma através de benefícios, como seguro-desemprego e abono salarial.

O PIS é destinado aos trabalhadores de empresas privadas e o PASEP destinado aos servidores públicos.

O Governo já divulgou que ocorrerá Reforma do PIS/PASEP em 2016.

Quem recebe um dos benefícios deverá ficar atento as reformas.

Que poderão beneficiar ou prejudicar os trabalhadores, posteriormente você poderá conferir mais informações sobre este assunto.

REFORMA DO PIS/PASEPJá houve divulgação que uma das etapas da Reforma do PIS/PASEP 2016 é que o benefício passará a ter três faixas de contribuição, gerando aumento da carga tributária, mesmo que individualmente algumas empresas podem ter redução ou aumento de tributação. Confira mais informações sobre essa proposta neste artigo.

Propostas de Reforma do PIS/PASEP 2016

O principal objetivo da Reforma do PIS/PASEP 2016 é que as empresas poderão descontar do imposto a ser pago não apenas a matéria-prima, como gastos com telefone, luz, água e materiais de escritório, que são exemplos. Todos os créditos descontados do imposto serão informados na nota fiscal, o que torna o cálculo da contribuição mais fácil.

A Reforma do PIS/PASEP deve ainda ser aprovada pelo Congresso, mas caso entre em vigor todos os setores estarão inclusos em regime não-cumulativo, tendo a possibilidade de um valor muito maior das deduções do tributo, possibilitando que se desconte do valor da contribuição que será paga o valor já incidido sobre serviços e bens utilizados no processo de produção, de acordo com o segmento de atuação da empresa.

A Reforma do PIS/PASEP 2016 é apenas um dos passos, afinal o Governo pretende mudar também a cobrança do COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) e logo unificar os tributos, considerando que têm a mesma base de incidência, acesse o site para consultar o PIS http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/pis/Paginas/default.aspx.

You can skip to the end and leave a response. Pinging is currently not allowed.

Deixe seu comentário

Desenvolvido com WordPress